Bye Bye Bill

 

O assunto por aqui na semana foi a aposentadoria do Bill Gates. Depois de 33 anos desde a fundação da Microsoft, Bill deixou nesta última sexta feira as funções executivas que ele ainda tinha na empresa, para dedicar-se em tempo integral à sua fundação.

Para marcar a data e para despedir-se de seus funcionários, Steve Balmer e Bill Gates convocaram a empresa para uma última palestra. Nesta despedida, em que Bill resumiu a história da computação das últimas três décadas, terminou entre lágrimas emocionadas do Bill e do Steve, quem por durante 28 anos foi a braço direito do Bill e peça decisiva na criação desta empresa que é um ícone da informática.

Entre as revelações feitas por Bill neste último dia, ele apresentou seus filhos, que sempre tiveram uma vida muito reservada e contou que ele, sempre que possível os leva para a escola. Ele contou também que apesar de nunca ter se formado em Harvard, escola que abandonou para fundar a Microsoft, em 2007 Harvard concedeu-lhe um título honorário e recentemente um de seus ex-professores o convidou para voltar aos bancos escolares e terminar o curso inconcluso…

Como parte dessa celebração, a famosa foto do cabeludo Bill Gates com 19 anos, junto com Paul Allen e os primeiros empregados da Microsoft, tirada há 33 anos, foi refeita reuindo-se aquela mesma equipe com exceção de um deles que foi substituído pela viúva. Além dessas fotos e daquelas que capturei na palestra de despedida, coloquei aqui no Blog outras fotos também famosas: A palestra no Bill no MacWorld, ele sendo fichado pela polícia do Novo México, como Homem do Ano da Revista Time, sendo condecorado como cavaleiro do Império Britânico pela Rainha da Inglaterra e ainda ele tocando Guitar Hero.

  

   

(clique aqui para ver todas as fotos)

Como tive a oportunidade de assistir ao evento e reviver com as palavras do Bill, parte da minha própria história de vida profissional, eu aproveito para contar um dos encontros que tive com Bill Gates e que ficou marcado pelas circunstâncias.

Ele aconteceu em Washington DC há dois anos, durante um encontro de cúpula com políticos da América Latina que é patrocinado pela Microsoft. Eu fazia parte da organização do evento e estava na coxia do palco para recepcionar os ilustres convidados que iriam fazer apresentações. Eram Deputados, Ministros, Senadores. A Madeliene Albreight, ex-secretária de estado do Bill Clinton também estava por lá como convidada especial. A última palestra seria a do Bill e ele estava atrasado. Na coxia, havia um camarim aonde recepcionávamos os palestrantes e os preparávamos para o palco, fornecendo microfones de lapela e dando as instruções de posicionamento. Dois pequenos sofás, uma mesa minúscula e um computador com acesso a Internet estavam à disposição dos palestrantes. Antes da apresentação do Bill, programamos um intervalo, assim teríamos tempo para recuperar o atraso, preparar o camarim, fazer testes de slides e som e discutir os últimos detalhes da apresentação com o Bill quando ele chegasse.

Eis que então eu recebi via radio comunicador uma mensagem avisando que o Bill estava a caminho e que em virtude do atraso ele não tinha tido tempo de comer e estavam mandando o almoço para ele no camarim. Em cinco minutos eis que chega uma bandeja coberta, o garçom a deixa sobre a mesa e vai embora. Não se passaram nem mais dois minutos e entra Bill Gates acompanhado apenas por seu adjunto que se retira em seguida. Ficamos no camarim apenas o Bill e eu e meio sem jeito digo a ele, apontando para a bandeja coberta:

– Aqui esta seu almoço…

Ele se sentou e retirou a tampa da bandeja. Eu estava curioso para saber qual seria o cardápio preparado para aquela pessoa tão significativa e que poderia dar-se ao luxo de pedir iguarias inimagináveis. E para minha surpresa e espanto, o grande almoço do Bill foram algumas folhas de alface, duas rodelas de tomate, um saquinho de batatas fritas e sua costumeira lata de Coca-Cola Diet…

Terminada aquela refeição, conversamos rapidamente, verificamos os slides inicais da palestra que ele iria fazer até que campainha anunciou que era hora dele entrar em cena. Acabada a palestra, saimos juntos para acompanhá-lo até uma sala VIP aonde ele se encontraria reservadamente com alguns dos convidados.

Apesar de ter tido outros encontro com o Bill antes e depois deste que conto, nunca me saiu da cabeça este em particular, pois apesar de ser folclórico o seu gosto por hamburgeres e Coca-Colas, nunca poderia ter imaginado tal almoço para o homem mais rico do mundo.

E para terminar, coloco aqui no blog, o hilário vídeo que foi feito para contar como foram os últimos dias de trabalho de Bill Gates na Microsoft. Vale a pena ver.

 

 

Technorati Tags:

 

This entry was posted in Reflexões. Bookmark the permalink.

One Response to Bye Bye Bill

  1. Babi says:

    Ótimo vídeo do tio Bill! Conseguiram até o George Clooney para uma ponta, isso é que é prestígio! hehe Parabéns pelo blog, sempre cheio de cultura, informação e entretenimento.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s